Confiante! Escalado para o UFC 235, Tyron Woodley mira duelo com Covington em junho

Tyron Woodley não perde um combate desde junho de 2014 – Diego Ribas

Sem lutar desde setembro de 2018, quando finalizou Darren Till, Tyron Woodley retornará aos octógonos no dia 2 de março para defender seu reinado contra Kamaru Usman no UFC 235, em Las Vegas (EUA). E parece que nem mesmo o tempo afastado foi capaz de abalar a confiança do campeão dos meio-médios (77 kg). Afinal de contas, ‘The Chosen One’ já está pensando em quem vai enfrentar quando superar o ‘Pesadelo Nigeriano’.

Durante entrevista ao site ‘TMZ Sports’ nessa segunda-feira (7), Woodley revelou que deve enfrentar Colby Covington em seguida. ‘Chaos’ é o atual número 1 do ranking, e estava cotado para encarar o campeão – inclusive antes de Usman. No entanto, o falastrão foi deixado de lado, pelo menos por enquanto, pois, ao menos de acordo com os planos de Tyron, o combate sairá do papel no fim desse semestre.

“Tenho que reconhecer que em algum momento vou enfrentar todos esses caras. Óbvio que o mundo que ver eu lutando com o Colby (Covington), mas ele está tentando dar as cartas do jogo, mas ele não é o campeão para fazer isso. Então vou lutar com o Kamaru Usmam e veremos o que acontece depois. Muito provavelmente pegarei o Colby logo em seguida”, afirmou Woodley, antes de projetar uma data para o confronto.

“Essa luta (contra Usman) será promovida como um combate de trocação, mas se ele se atrever a socar a minha cara, vai querer lutar wrestling comigo (risos). Me sinto confiante para essa luta, me sinto bem com o camp de preparação. Estou trazendo minhas velhas armas para trazer a vitória. Sim, lutarei com o Colby depois disso, provavelmente em junho”, completou o campeão do Ultimate.

Apesar da soberba demonstrada pelo campeão, um desafio e tanto o aguarda no UFC 235. Kamaru Usman está invicto no Ultimate com nove vitórias – a última delas conquistada de forma soberana contra o brasileiro Rafael Dos Anjos. Ao longo de sua carreira, o nigeriano só perdeu um combate, em 2013, quando realizava apenas sua segunda luta como profissional.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.