Companheiro de treinos de McGregor aposta em retorno do irlandês ao UFC

Artem Lobov disse acreditar que McGregor vai voltar ao octógono – Diego Ribas

Após Dana White, presidente do UFC, afirmar que não acredita na aposentadoria de Conor McGregor, Artem Lobov projetou para breve o retorno do lutador falastrão ao octógono. Companheiro de treinos de longa data de ‘The Notorious’, o atleta russo ressaltou que, apesar de o ex-campeão dos pesos-penas (66 kg) e leves (70 kg) não precisar mais de dinheiro, continuaria a competir por amor ao esporte.

Em entrevista ao programa ‘Ariel Helwani’s MMA Show’, Lobov recordou que o irlandês protagonizou alguns dos cards do UFC com a maior venda de pay-per-views da história da organização. Parceiro de McGregor na equipe ‘SBG Ireland’, Artem garantiu que Conor vê a prática do MMA como algo muito maior do que um ofício e, por isso, apostou em seu retorno.

“Eu acho [que Conor irá lutar novamente]. Definitivamente, acho que ele ainda vai acabar com mais alguns caras. Eu o conheço, sei que ele ama este jogo. Ele ama a luta e isso não é apenas um trabalho para ele. Este é ele. Ele é o jogo de luta. (…) Olha, eu sempre digo isso: 99% dos integrantes do UFC teriam ido embora se tivessem ganho 100 milhões de dólares (aproximadamente R$ 387 milhões). (…) Então eu sei que ele tem algo especial reservado para nós”, projetou.

Durante a entrevista, Lobov ainda comentou sobre um antigo anseio de McGregor: ter participação acionária no UFC. Ainda que o presidente do Ultimate já tenha descartado essa possibilidade, Artem defendeu a ideia de o irlandês ganhar uma parcela do faturamento da liga.

“A coisa toda é que isso é um negócio. Eles estão lutando por cada percentual, porque quando se trata das lutas de Conor, até 1% significa milhões, milhões e milhões. Aos meus olhos, é claro que ele merece uma porcentagem do UFC. (…) Ele é a razão pela qual a empresa foi vendida por 4 bilhões de dólares (em torno de R$ 13 bilhões no câmbio de julho de 2016), então por que ele não conseguiu um pedaço disso?”, questionou.

Lobov deixou o UFC em janeiro, após três derrotas consecutivas na organização. Agora integrante do evento de boxe sem luvas Bare Knuckle FC, o russo somou 13 vitórias, 15 reveses, um empate e uma luta sem resultado ao longo da carreira profissional como atleta de MMA.