Com Mayweather aposentado, ‘Canelo’ assume posto de atleta mais bem pago dos esportes de combate

‘Canelo’, à direita, assinou contrato de mais de R$ 1 bilhão com o DAZN em 2018 – Diego Ribas

Saiu nesta terça-feira (11) a lista anual dos atletas mais bem pagos do mundo (clique aqui), realizada pela revista ‘Forbes’. O que chamou a atenção da listagem – que se refere às receitas adquiridas no ano de 2018 – foi a ausência de Floyd Mayweather. Antes soberano, e com sobras, como o desportista mais bem remunerado entre todos os esportes, ‘Money’, como é conhecido, não figura mais no ranking, já que anunciou sua aposentadoria em 2017.

Com a ausência do americano, outro astro do boxe assumiu o protagonismo entre os atletas dos esportes de combate: Saul ‘Canelo’ Alvarez. O pugilista, atual detentor de três cinturões mundiais dos pesos-médios, é o principal nome da modalidade e figura em quarto colocado na listagem da revista Forbes, com um rendimento anual de 94 milhões de dólares (cerca de R$ 360 milhões). A frente do mexicano estão apenas três jogadores de futebol: Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar – primeiro, segundo e terceiro colocados, respectivamente.

Outra diferença considerável da listagem da temporada passada para essa foi a queda de Conor McGregor. Antes quarto colocado, o falastrão irlandês despencou e agora ocupa apenas a 21ª posição entre os atletas mais bem pagos do planeta. O ex-campeão do UFC também viu seu rendimento anual cair para menos da metade – de 99 milhões de dólares (cerca de R$ 376 milhões) em 2017, para 47 milhões de dólares (cerca de R$ 178 milhões) em 2018.

A fins comparativos, Lionel Messi, atleta mais bem pago do mundo hoje, faturou 127 milhões de dólares em 2018 (cerca de R$ 483 milhões). Na listagem do ano passado, relativa à temporada de 2017, Floyd Mayweather liderava o ranking com números assustadores. O midiático boxeador faturou, na época, 285 milhões de dólares (cerca de R$ 1,1 bilhão de dólares).