Com data e local em mente, José Aldo indica ‘estratégia’ para estrear no peso-leve

José Aldo e Dedé Pederneiras já planejam a próxima luta – Leandro Bernardes

De volta ao caminho das vitórias após nocautear Jeremy Stephens no último mês de julho, José Aldo já parece ter planos ambiciosos em mente. O ex-campeão peso-pena (66 kg) declarou, em entrevista ao programa ‘Revista Combate’, do canal Combate, que “já tem toda a estratégia montada” para sua primeira luta como peso-leve (70 kg) no UFC.

O brasileiro afirmou que pretende voltar a lutar ainda este ano, no UFC 231, que acontecerá em Toronto (CAN), no dia 8 de dezembro. Em um primeiro momento, Aldo afirmou que deseja enfrentar Brian Ortega pelo cinturão interino dos penas embora, caso o campeão Max Holloway se recupere a tempo, um plano B já esteja traçado por sua equipe.

Sem revelar nomes de possíveis adversários, Aldo ressaltou que as negociações já estão em curso e que a ideia seria competir na categoria de cima, na dos pesos-leves (70 kg). “A gente já tem toda a estratégia montada (…) de lutar no peso de cima. Vou torcer para o Ortega ganhar, porque, se o Ortega ganha, com certeza eu vou ter uma chance de lutar pelo título mais rápido. E, sim, a gente vai se desafiar no peso de cima, está tudo certo. Nossas estratégias estão todas feitas”, declarou, antes de frear qualquer nova especulação sobre o tema.

“Sigilo, para não fugir, porque a gente está esperando. A gente já tem tudo bem montado. ‘Se não acontecer isso, a gente tem isso’. Então, até o Dana já sabe. A gente já está conversando”, completou.

Com 27 vitórias e quatro derrotas na carreira, Aldo se recuperou de dois reveses consecutivos — ambos para Max Holloway — ao nocautear Stephens. O confronto contra o ‘Esquentadinho’ foi o primeiro de José no UFC sem valer nenhum cinturão.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.