Colby Covington foca em guerra mental para abalar campeão do UFC; entenda

Colby Covington voltou a ser o centro das atenções fora do octógono – Rigel Salazar

A rivalidade entre Colby Covington e Kamaru Usman é tão grande no UFC que, atualmente, só está abaixo provavelmente da protagonizada entre Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor. E a relação que já era turbulenta entre os meio-médios (77 kg) ficou ainda pior depois da realização do card de número 235. E, de acordo com ‘Chaos’, quem se dá bem nessa situação é ele. O falastrão americano pretende usar o fator psicológico para desbancar o campeão.

Há cerca de um mês, o nigeriano se sagrou campeão ao dominar o então rei da categoria Tyron Woodley. E, por mais que nem tenha entrado em ação no mesmo card, Colby deu seu jeito de ser o centro das atenções. Antes da luta, o falastrão invadiu a sessão de treinos aberta ao público de Usman munido de um megafone, se autoproclamando o dono dos meio-médios. Já após o combate, Covington quase chegou as vias de fato com Kamaru e seu empresário, Ali Abdelaziz, em um hotel em Las Vegas (EUA).

“Eu não acho, eu sei que estou vivendo, sem pagar aluguel (na cabeça de Usman). Só a reação que vi dele no dia após a luta com Woodley já me disse tudo o que preciso saber. Estou na cabeça dele, ele vai lutar comigo com as emoções à flor da pele e eu vou nocauteá-lo”, provocou Colby, antes de analisar como o duelo deve se desenrolar.

“Ele vai dar golpes abertos, tentar quedas desleixadas e vai cansar, cara. As pessoas não percebem quão bom eu sou e quão bom meu cardio é até que você esteja no octógono comigo. E ele vai descobrir da pior maneira. Ele vai ter a cabeça afogada na parte funda da piscina. Nós não vamos estar na piscina infantil a que ele está acostumado, então a era dele está chegando ao fim. É só questão de tempo”, completou o americano falastrão, em entrevista ao site ‘MMA Fighting’.

Apesar de ainda não ser o desafiante ao título oficial, Colby deve ser o próximo na fila para tentar se tornar o rei da categoria até 77 kg. Até mesmo Dana White, chefão do UFC, garantiu que ‘Chaos’ enfrentará Usman em seguida pelo cinturão dos meio-médios da companhia.

 

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *