Colby Covington acusa equipe de Usman de atacá-lo em Las Vegas: “Animais imundos”

Colby Covington parece ser o próximo desafiante ao título do UFC – Rigel Salazar

Em pouco mais de um ano, o lutador Colby Covington deixou de ser um atleta praticamente desconhecido do grande público para se tornar um dos lutadores mais polêmicos e controversos de todo o MMA. Tanto que em sua última aparição pública, o meio-médio (77 kg) quase chegou a trocar golpes na entrada de um restaurante com  equipe de Kamaru Usman, atual campeão do UFC.

De acordo com o seu relato ao programa ‘Ariel Helwani’s MMA Show’, na ESPN, Colby garantiu que a confusão teve início pela postura dos rivais, que tentaram intimidá-lo ainda na fila de entrada para o restaurante. Essa postura, aliás, poderia ter gerado uma confusão ainda maior.

“Eu estava tentando pegar algumas patas de caranguejo. (…) De repente aquele energia baixa do Marty aparece, e o terrorista do Ali (Abdelaziz) vem e um outro cara do time deles surge, e eles começam a empurrar e socar, colocando a vida de crianças em risco, além de uma grávida. Tinha uma mulher grávida gritando: ‘Estou grávida, parem com isso'”, narrou.

Conhecido pelo estilo falador e provocativo, Colby, que inclusive foi ao treino aberto do UFC 235 apenas para provocar o rival nigeriano, costuma focar seu show para as câmeras. Afinal, quando confrontado fora delas, o atleta costuma ser ameno e evitar confrontos.

“Ali continuou tentando empurrar e fazer uma cena, enquanto o Usman ficou tentando gritar para mim: ‘Vou te pegar’. E o seu pequeno time ficou batendo no meu amigo e tentando me socar. Foi uma piada. Não acredito que pessoas assim são permitidas em Vegas. Bando de animais nojentos”, finalizou o atleta que, na visão de Dana White, deve ser o próximo desafiante ao título.