‘Cigano’ lamenta derrota para Ngannou: “Meses de preparação ofuscados pelo erro”; veja

Caso derrotasse Francis Ngannou no último sábado (29), Junior ‘Cigano’ teria grandes chances de disputar novamente o cinturão dos pesos-pesados do UFC em seu combate seguinte. No entanto, ao errar a tentativa de acertar o rival logo no início do combate com um ‘overhand’ de direita, o brasileiro foi nocauteado. E, deste modo, não pôde colocar em prática todo o trabalho que desenvolveu durante os treinamentos para o duelo.

Por meio de publicação no Instagram (veja abaixo ou clique aqui), Cigano lamentou o erro, mas ressaltou que o mérito da vitória é de Ngannou, que soube aproveitar a brecha que teve para acertá-lo. O brasileiro vinha de uma sequência de três vitórias e esperava pela nova oportunidade de disputar o título que perdeu em 2012 para Cain Velasquez. Porém, com a derrota, ele agora terá que entrar novamente na fila, já que o camaronês será o provável desfiante do vencedor do confronto entre o campeão Daniel Cormier e Stipe Miocic, programado para o dia 17 de agosto.

“Pessoal, eu gostaria de primeiramente agradecer a todos vocês pela torcida e apoio. Sinto muito que o show tenha sido curto dessa vez e negativo para nós. Estou no topo da categoria neste esporte por mais de uma década e a intenção é permanecer aqui por muito tempo ainda. Amo lutar, amo minha vida e sou extremamente grato às oportunidades que tenho para evoluir”, destacou.

“A subida é sempre muito difícil e longa, como todos sabem. Às vezes, como hoje à noite, meses de preparação e estratégia são ofuscados por um erro de frações de segundo. Não há muito a ser dito agora a não ser parabenizar Francis Ngannou por ter aproveitado tão bem o meu erro”, completou.

Aos 35 anos, Cigano possui um retrospecto de 21 vitórias e seis derrotas como lutador profissional de MMA. Já Ngannou chegou ao 14º triunfo em 17 lutas como atleta de artes marciais mistas. Atual segundo colocado no ranking dos pesados, o camaronês deverá disputar o cinturão em seu próximo desafio no UFC.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Guys, first of all I want to thank everybody for your support. I’m sorry the show was short this time, and without a great result for us. I’ve been on top of this sport and weight class for over a decade, and I plan to be here for a long time still. I love fighting, I love my life, and I’m really grateful for every opportunity I have to grow and evolve. The climb is tough and long, as you all know and sometimes—like tonight—months of perfect preparation and strategy are overshadowed by a millisecond’s mistake. There isn’t much to say now other than to congratulate Francis Ngannou for capitalizing so effectively on my mistake.

Uma publicação compartilhada por Junior Cigano Dos Santos 🅾️➕ (@juniorcigano) em