‘Cigano’ desdenha de chances de Lesnar contra Cormier: “Muito pequenas”

Júnior ‘Cigano’ busca reconquistar o cinturão dos pesados do UFC – Evelyn Rodrigues

Júnior ‘Cigano’ vai voltar ao octógono no dia 6 de julho, contra Francis Ngannou. Uma vitória pode render ao brasileiro uma disputa de cinturão contra o vencedor de Daniel Cormier vs Brock Lesnar, luta que está sendo negociada para o UFC 241, em 17 de agosto, conforme revelou a Ag Fight na última sexta-feira. Mas, segundo o atleta da American Top Team, dificilmente o atleta da WWE vai se tornar campeão caso o combate de fato aconteça.

A última luta de MMA de Brock foi em 2016, quando venceu Mark Hunt no UFC 200. No entanto, o resultado oficial tornou-se um ‘no contest’ depois de o ex-campeão do Ultimate ser flagrado em um exame antidoping. No último domingo (7), Lesnar perdeu seu título na liga de lutas simuladas, o que abre espaço para seu retorno ao UFC. Segundo ‘Cigano’, dificilmente o gigante derrotaria Daniel.

“Não acho (que Lesnar vai vencer Cormier). Para mim, ele não é um lutador de verdade. Ele é um ator, um ‘performer’. Não sei. Mas, claro, uma luta é uma luta. Ele é um cara grande, tem muita força. Mas as chances de ele vencer Cormier são muito, muito pequenas. Cormier vai fazer a mesma estratégia: derrubá-lo, cansá-lo e finalizar a luta, como ele fez com Derrick Lewis da última vez”, falou ao site ‘MMA Junkie’.

“Mas, claro, é uma luta de dinheiro. Não sei por quê, mas as pessoas gostam de ver Brock Lesnar lutando, porque ele fala muito, porque é grande, porque é um cara que entretém. Temos que entender e respeitar isso”, ponderou.

Em 2011, ‘Cigano’ e Brock comandaram uma edição do reality show ‘The Ultimate Fighter’, cada um como técnico de uma equipe. Os dois tinham um duelo marcado para a final do programa, mas Lesnar foi obrigado a se retirar por causa de uma diverticulite.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *