Cerrone reclama de indecisão de McGregor sobre luta: “Assine a m*** do contrato”

Donald Cerrone segue em negociações para encarar McGregor no UFC – Diego Ribas

Donald Cerrone é um dos raros casos de atletas que está disposto a lutar não importa quando, onde ou contra quem. E depois de anos colocando à prova seu estilo ‘old school’, o veterano parecia certo de que, enfim, tinha encontrado a recompensa ao ser escalado para enfrentar Conor McGregor – e garantir uma bolsa milionária para a disputa. No entanto, o irlandês parece ter mudado de ideia.

Em conversa com a reportagem da ‘ESPN’ americana, Cerrone afirmou que McGregor teria abortado a ideia inicial de se enfrentarem em abril, possivelmente por não se tratar de um ‘main event’. Isso porque o contrato do UFC com as TVs exige que o combate final da noite seja uma disputa válida pelo cinturão de alguma categoria.

“Conor não vai lutar a não ser que seja um main event. Não sei se é algo sobre status ou ego. Eu não dou a mínima, eu luto contra qualquer um em qualquer lugar. Acho que ele é uma diva que só quer lugar em main events. Não sei” reclamou Cerrone, que garantiu que a primeira oferta para o duelo teria como meta o mês de abril.

“Nós todos estávamos esperando pelo Conor em abril, mas ele disse que não está pronto. Eu não sei como você pode dizer: ‘Luto com qualquer um, em qualquer lugar, a qualquer hora’, mas depois diz: ‘Não estou pronto para esta'”, ironizou.

Ao que tudo indica, as negociações teriam mudado para que um possível confronto entre eles ocorresse em julho, na semana internacional de lutas, em Las Vegas (EUA). No entanto, ainda não existe nenhum sinal de que Conor assinou positivamente para tal possibilidade.

“Estou mais irritado que ele ficou quieto depois de falar tanto sobre isso. Entendo, ele quer ficar relevante, mas então você não pode ficar quieto. Assine a m*** do contrato”, finalizou.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *