BJ Penn tenta superar tabu de oito anos contra Ryan Hall no UFC 232

BJ Penn já encerrou a carreira algumas vezes, mas sempre acaba voltando – Diego Ribas

O UFC anunciou, na última quarta-feira (12), que BJ Penn tem luta marcada para 29 de dezembro. Ele vai enfrentar Ryan Hall no UFC 232, que será encabeçado pela superluta entre Cris ‘Cyborg’ e Amanda Nunes pelo título peso-pena (66 kg). ‘O Prodígio’ vai tentar acabar com um hiato de oito anos sem vitória.

Lenda do MMA, Penn foi o segundo lutador da história a conquistar dois títulos de categorias diferentes no Ultimate. Em 2004, ele derrotou Matt Hughes e conquistou o título meio-médio (77 kg); quatro anos depois, finalizou Joe Stevenson em uma luta muito sangrenta e obteve o cinturão dos leves (70 kg). Os tempos áureos do havaiano, entretanto, ficaram no passado. Ele não vence uma luta desde 2010, quando superou Hughes novamente.

De lá para cá, BJ registrou um empate e cinco reveses consecutivos. Em muitas delas, Penn trocou a aposentadoria pelo desafio de se testar mais uma vez, como fez contra Rory MacDonald, em 2012, ou contra Yair Rodríguez, em 2017. O ex-campeão ainda fez um duelo equilibrado contra Dennis Siver, há pouco mais de um ano, mas acabou derrotado por decisão majoritária dos juízes.

Seu adversário é especialista em jiu-jitsu e ainda tem habilidades elementares na luta em pé. Com seis vitórias e uma derrota na carreira, Hall ficou conhecido pelo estilo caricato de dar chutes frontais no ar para medir a distância e impedir a aproximação dos rivais na trocação. Assim, ele conseguiu vencer outro veterano, Gray Maynard, numa luta que deixou o experiente lutador indignado pelo que considerou um antijogo de Ryan.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.