Bisping revela que nomeação ao ‘Hall da Fama’ foi surpresa até para ele

Bisping vai integrar um seleto grupo de ex-lutadores do Ultimate – Divulgação

Michael Bisping foi nomeado, no último dia 16, como novo integrante do ‘Hall da Fama’ do UFC. Como não havia nenhum indicativo de que a organização anunciaria um novo membro do seu panteão, a homenagem a ‘The Count’, realizada durante o UFC Londres, pegou os fãs de surpresa. Aliás, os fãs e o próprio ex-lutador – como contou ele em seu podcast, ‘Believe You Me’.

O ex-campeão dos pesos-médios (84 kg) afirmou que não fazia ideia de que receberia tamanha condecoração. De acordo com o britânico, ele sabia apenas que um vídeo em tributo à sua carreira seria exibido no telão da O2 Arena – o que não seria estranho, já que aquela era a primeira vez que o Ultimate chegava à Inglaterra depois de sua aposentadoria.

“Eles começaram a pregar esta peça. Eu estava: ‘Uau, estou ganhando um vídeo de homenagem, isso é incrível’. Então, quando Rebecca ou as crianças aparecem na tela, eu fico muito emocionado. Então, estou eu lá. Sou um desgraçado com um olho só, então, para ser generoso, não enxergo muito bem. Talvez, houvesse uma lágrima em meu olho. Por isso, eu não conseguia enxergar realmente o que era dito no telão, mas vi algo sobre ‘Hall da Fama’ e pensei: ‘Nossa, estou sendo indicado ao Hall da Fama’. Todos na O2 Arena ficaram de pé, e recebi aplausos de pé por 20 mil pessoas. Foi incrível”, declarou, segundo transcrição do site ‘MMA Weekly’.

“Fui da arquibancada para o backstage, e um cara do UFC que estava com a gente vem e diz: ‘E aí, como se sente?’ Eu disse: ‘Oh, foi incrível’. Ele disse: ‘Não, o Hall da Fama’ e eu fiquei tipo: ‘O que você falou?’. Ele disse: ‘Você está no Hall da Fama, e eu disse: ‘Oh, m****, eu não tinha ideia’. Isso é quão idiota eu sou. Eu não tinha ideia”, completou.

Bisping será coroado como um dos novos integrantes do panteão do Ultimate em julho, durante a Semana Internacional de Lutas, que acontece em Las Vegas (EUA). O inglês, um dos poucos vencedores do reality-show ‘The Ultimate Fighter’ que chegaram a um título do UFC, aposentou-se com 30 vitórias e nove derrotas como profissional.