Agora é no cage! Após ‘vencer’ suspeito, Polyana Viana volta ao octógono no UFC 235

Brasileira fará o seu terceiro combate na maior organização de MMA do mundo – Diego Ribas

Polyana Viana esteve nas manchetes esta semana por ter conseguido reagir a uma tentativa de assalto de maneira bem-sucedida no Rio de Janeiro. Agora, passado o susto, seu foco é outro: enfrentar Hannah Cifers no UFC 235, marcado para o dia 2 de março, em Las Vegas (EUA).

A informação sobre a luta foi dada pela própria americana, que publicou em seu Instagram (veja abaixo ou clique aqui) um card com a imagem das duas atletas. “Acho que é hora de fazer um anúncio de luta”, escreveu a lutadora de 26 anos, que tem 11 combates profissionais no currículo.

Cifers vem de derrota para Maycee Barber em sua estreia no Ultimate, realizada em novembro de 2018, no evento que comemorou os 25 anos da organização. Ela foi nocauteada no segundo round, depois de ser completamente dominada pela adversária. Ao longo da carreira, ‘Shockwave’ tem oito vitórias e três reveses.

Viana também não ganhou seu duelo mais recente: ela viu JJ Aldrich ter o braço levantado no UFC 227, por decisão unânime dos árbitros laterais. Antes disso, a brasileira tinha uma sequência de seis lutas invicta.

O UFC 235, no qual Polyana lutará, tem ganhado corpo nos últimos dias, com o pedido de autorização à Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC) para que Jon Jones enfrente Anthony Smith em sua primeira defesa na nova passagem como campeão dos meio-pesados (93 kg). Além disso, houve a escalação de Tyron Woodley, que colocará em jogo o cinturão dos meio-médios (77 kg) diante de Kamaru Usman.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.