Adesanya admite que admiração continua após vitória sobre Anderson: “Surreal”

Adesanya não disfarçou a aura de fã em seu duelo contra Anderson – Jon Roberts/Ag Fight

Israel Adesanya nunca escondeu seu fascínio por Anderson Silva. Com estilo semelhante de lutar — tanto na qualidade da trocação quanto na irreverência e no gosto por baixar a guarda —, o nigeriano teve a oportunidade de enfrentar seu ídolo no UFC 234, no último sábado (9), e conseguiu vencer a luta por decisão unânime dos juízes. Mas o fato de ter superado o mestre não amenizou seu fanatismo pelo ícone do MMA. ‘The Stylebender’ admitiu que “ainda é surreal” ter dividido o octógono com o ‘Spider’.

Adesanya explicou que já assistiu ao combate a fim de aprender um pouco com o que aconteceu. E, nas duas vezes em que viu a luta até a última segunda-feira (11), conseguiu entender situações que, durante o confronto, passaram despercebidas.

“Quero assistir de novo e de novo e de novo. Eu provavelmente vou assistir a essa luta mais do que todo o resto das minhas lutas no UFC. Só quero assistir à luta. Toda vez que eu vi, e eu assisti duas vezes, eu tirei algo. Eu, Silva e todo o espetáculo por si sós”, falou, em entrevista ao programa ‘The MMA Hour’.

“Ainda é legal. Ainda é um pouquinho surreal, porque eu estava me assistindo, e há certos momentos que, para mim, são especiais, porque eram coisas que eu gostava, já conhecia e já vi acontecer muitas vezes com outros lutadores, os oponentes de Silva. E não fui vítima disso”, comentou.

Na última atualização do ranking oficial do UFC, realizada esta semana, Adesanya subiu uma posição, chegando ao quinto lugar entre os médios (84 kg). Anderson continua na listagem, em 15º. Nesta semana, Israel declarou que não tem interesse em fazer uma disputa de cinturão interino, uma vez que, segundo ele, o campeão Robert Whittaker deve ser destituído.