Vale? Henry Cejudo desafia Shevchenko para luta entre campeões de gêneros diferentes

Cejudo é o detentor dos cinturões do peso-mosca (57 kg) e galo (61 kg) – Dan Wainer/Ag Fight

Henry Cejudo parece não enxergar limites quando o assunto gira em torno de conquistas profissionais e, consequentemente, pessoais. Medalhista de ouro olímpico em Pequim 2008 e bicampeão do UFC, o americano surpreendeu seus fãs com uma proposta polêmica. Através de suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), ‘The Messenger’, como é conhecido, desafiou Valentina Shevchenko, campeã peso-mosca (57 kg) do Ultimate entre as mulheres.

Logo de cara, o desafio dividiu os fãs de MMA, já que se trataria de um confronto entre um homem e uma mulher dentro do octógono. Apesar de parecer uma brincadeira a fim de se promover, Cejudo manteve um semblante sério, como quem realmente estaria disposto a levar a ideia adiante – ao menos durante o vídeo publicado.

“Estou aqui aproveitando meu domingo lindo em Las Vegas, mas meu celular não para de apitar. Parece que alguém que atende pelo nome Valentina ‘Bullet’ Shevchenko é a campeã mais dominante do mundo. E adivinhe? Eu fiquei com um pouco de inveja. Ela tem ouro, eu quero esse ouro. Valentina Shevchenko, tenho uma mensagem para você: ‘Quero me tornar o primeiro campeão inter gênero que esse mundo já viu’. Estou te desafiando. Você pode ser a próxima a se curvar diante do ‘Campeão Triplo’”, declarou Cejudo.

Mesmo que por algum motivo Valentina aceitasse o confronto, a luta não aconteceria. Afinal de contas, no Ultimate e também nas demais ligas de MMA, existem as divisões de peso masculinas e femininas, justamente para evitar combates entre gêneros distintos.