Treinador de Adesanya detona Anderson Silva: “É o Lance Armstrong do MMA”

Israel Adesanya encara Anderson Silva neste sábado, no UFC 234 – Jon Roberts/ Ag Fight

Israel Adesanya adota uma conduta de respeito e admiração com Anderson Silva, mas o mesmo não pode ser dito de seu treinador. Sem uma grande razão aparente, Eugene Bareman detonou o brasileiro às vésperas do UFC 234, evento marcado para este sábado (9), e criticou duramente ‘Spider’ por ter sido flagrado em exames antidoping, o comparando com Lance Armstrong – um dos maiores ciclistas da história que foi banido do esporte após condenado pelo uso de substâncias proibidas.

Anderson já foi flagrado e punido em exames antidoping em duas oportunidades, em 2015 e 2017. A última delas culminou na suspensão que afastou o brasileiro do UFC por um ano. E, de acordo com Eugene, o histórico negativo com relação ao uso de substâncias ilegais no MMA afastam ‘Spider’ da disputa pelo posto de melhor de todos os tempos do esporte.

“Anderson Silva é o Lance Armstrong do MMA. Na minha opinião ele trapaceou. Eu falo o que eu penso. Os fãs do MMA, por alguma razão, são diferentes dos fãs do ciclismo. Os fãs do MMA esquecem rápido quando alguém trapaceia. Mas eu não sou assim. Se você faz algo errado e existem provas, eu sempre usarei aquilo contra você. Não do ponto de vista de querer te bater, claro. Só não quero ter nenhuma relação com você”, declarou Bareman, antes de descartar Silva da lista dos melhores do MMA.

“Na minha opinião, ele não está em lugar nenhum na lista dos melhores de todos os tempos. Para mim, ele está ao lado de Lance Armstrong. Mas são esportes diferentes, com comunidades diferentes. Eu o ignoro completamente. Acho incrível que as pessoas falem dele com tanta reverência. Não se trapaceia neste esporte, porque isso fará com que tudo o que você conquistou caia em descrédito, como aconteceu com Lance Armstrong. Como duas pessoas que são culpadas pela mesma coisa podem ser tratadas de forma tão diferente no mundo dos esportes? Talvez seja por conta das reações diferentes que as bases de fãs de cada um desses esportes tenham com relação àquele crime”, completou o treinador de Israel, em entrevista ao canal do Youtube ‘Submission Radio’.

Fã assumido de Anderson, ‘The Last StyleBender’, como é conhecido, se inspirou no estilo com que o brasileiro lutava para aprimorar seus próprios movimentos. E a admiração que Israel sente por ‘Spider’ foi motivo de preocupação para Eugene. Para o técnico, a posição de ídolo que Silva tem sobre o nigeriano poderia fazer com que seu atleta não desse 100% dentro do octógono, como uma espécie de respeito ao lutador no qual se espelhou na adolescência.

“Para falar a verdade, usei a minha posição de treinador para tentar acabar com qualquer possibilidade de ele se segurar por estar lutando contra o seu ídolo. Eu perguntei: “Por que ele seria o seu ídolo? Ele trapaceou!” Fiz isso intencionalmente. Era como eu me sentia. Talvez ele nem tenha precisado disso, para ser honesto. Israel tem uma cabeça muito forte, e pode não ter precisado disso, mas se havia um por cento de dúvida que estivesse dentro dele, eu garanti que tinha que acabar com isso”, afirmou o treinador do nigeriano.

O duelo será um verdadeiro choque de gerações. Aos 43 anos, Anderson faz uma luta que pode significar ‘vida ou morte’ para a sua carreira contra Israel que, aos 29, se mantém invicto no MMA e é a sensação do esporte atualmente. O vencedor do combate provavelmente disputará o cinturão dos pesos-médios em seguida na organização.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *