Tito Ortiz menospreza desafio de Kimbo Slice e garante luta pelo cinturão do Bellator

Ortiz tem duas vitórias no Bellator e está  invicto na organização - Divugação

Tito Ortiz tem duas vitórias no Bellator e está invicto na organização – Divulgação

Famoso por vídeos em que aparece lutando em desafios realizados na rua, ‘Kimbo Slice’ foi contratado recentemente pelo Bellator e não se sentiu intimidado em declarar, em entrevista ao site “MMA Fighting”, que adoraria estrear na organização contra o membro do Hall da Fama do UFC, Tito Ortiz.

Em entrevista exclusiva à Ag. Fight, o ex-campeão meio-pesado (93kg) do Ultimate desdenhou do desafio e afirmou que seria um retrocesso lutar com Kimbo a essa altura de sua carreira.

“Lutar contra o Kimbo seria dar um passo atrás para mim. Na última luta dele, ele foi apagado, eu sou um campeão mundial, venho lutando há 17 anos, não faz sentido eu enfrentar um lutador de rua. É hora de ser campeão mundial e olhar para frente”, disse Tito.

Campeão dos meio-pesados do Bellator, Emanuel Newton irá defender o cinturão diante do invicto Liam McGeary no dia 27 de fevereiro, nos EUA. Embalado por duas vitórias consecutivas no torneio, Tito garantiu que seu próximo passo é enfrentar o vencedor da disputa.

“Meu foco é conquistar o título mundial na minha próxima luta. Eu tenho quatro lutas pelo Bellator. Em minha primeira, finalizei o campeão dos médios (84kg), Alexander Shlemenko, eu era o azarão, mas finalizei ele em pouco mais de dois minutos. Depois disso minha ideia era lutar pelo título, mas o Bonnar falou tanta besteira sobre mim que eu tive que lutar com ele, para calar a sua boca”, disse Ortiz, que tem planos ambiciosos.

“Devo voltar a lutar em maio ou junho. Primeiro tenho que esperar o vencedor do combate entre o campeão Emanuel Newton e o desafiante Liam Mcgeary, que acontece em 27 de fevereiro.  Vai ser um lutão e não tenho favorito para enfrentar. Quero o vencedor, pelo título mundial”, concluiu.

Ex-campeão do UFC, Ortiz fica apenas atrás de Jon Jones quando o assunto é defesa de título dos meio-pesados no octógono. O “Bad Boy” fez cinco defesas bem-sucedidas de cinturão, enquanto “Bones” é o recordista com oito.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *