Thiago ‘Marreta’ revela que Smith detalhou jogo “sujo e trapaceiro” de Jon Jones

Thiago ‘Marreta’ tenta fazer história em julho e conquistar o cinturão de Jones – Gaspar Bruno

Jon Jones venceu Anthony Smith no início de março por decisão unânime e manteve seu título dos meio-pesados (93 kg) do UFC. Uma semana antes, Thiago ‘Marreta’ emplacou seu quarto triunfo seguido na carreira e passou a ser apontado como o próximo desafiante ao cinturão. Conforme revelou em entrevista coletiva no último sábado (11), no Rio de Janeiro, antes mesmo de ser confirmado como adversário de ‘Bones’, o brasileiro procurou saber de ‘Lionheart’ detalhes sobre o jogo do campeão. E o que ouviu é um tanto desabonador.

Na ocasião, Smith narrou detalhes de como Jones se porta dentro do octógono – que agora podem fazer total diferença, já que Marreta foi escalado para tentar destronar o americano. Segundo o brasileiro, durante o papo de bastidores, Anthony afirmou que o campeão possui uma postura nada louvável dentro do cage.

“Não sei se isso vai pegar mal para o Smith, mas ele me falou que o Jones é sujo, trapaceiro. Usa coisas que às vezes os juízes não conseguem ver. Bota a mão no seu olho… usa coisas não válidas que o juiz, as vezes pela posição, não vê. Ele te machuca e o juiz não vê, e se você parar ele vai te bater e você perde a luta. Então é ficar esperto porque ele é um pouco sujo”, revelou Thiago, em entrevista que contou com a presença da Ag Fight.

Ainda durante o papo com Thiago, Anthony teria admitido que não conseguiu lutar como de costume diante de Jones. De acordo com o brasileiro, isso é comum – ele mesmo revelou ter vivido situação semelhante contra Gegard Mousasi, em 2016. No entanto, ‘Marreta’ garantiu que não irá cometer o mesmo erro que o último rival de Bones.

“O Smith falou para mim, conversei com ele lá em Los Angeles. Ele falou para mim: ‘Cara, simplesmente travei, não lutei, não sei te dizer o que aconteceu, fiquei travado’. Isso não vai acontecer comigo, já passei por esse tipo de experiência e não vai se repetir”, garantiu o brasileiro.

A luta entre os dois está agendada para o dia 6 de julho e liderará o card de número 239 do Ultimate, com sede em Las Vegas (EUA). No ‘co-main event’ da noite, Amanda Nunes defende seu cinturão peso-galo (61 kg) contra a ex-campeã Holly Holm.