Thiago ‘Marreta’ mira dois cinturões no UFC e revela desejo de enfrentar Adesanya

O brasileiro se considera um peso-médio que luta entre os meio-pesados – Gaspar Bruno

Thiago ‘Marreta’ terá em Jon Jones o maior desafio de sua carreira até então. Caso vença o campeão dos meio-pesados (93 kg) do UFC no próximo dia 6 julho, o brasileiro fará história ao ser o primeiro atleta a destronar o americano. No entanto, o carioca já almeja façanhas ainda maiores para coroar sua trajetória no esporte.

Durante entrevista coletiva nos bastidores do UFC 237, evento realizado na cidade do Rio de Janeiro no último sábado (11), que contou com a presença da reportagem da Ag Fight, o próximo desafiante ao cinturão dos meio-pesados (93 kg) revelou que pretende retornar à sua divisão de origem – peso-médio (84 kg) – para buscar dois títulos mundiais.

E, caso realmente vença ‘Bones’, Thiago já tem um alvo definido na categoria de baixo, o atual campeão interino Israel Adesanya. Na visão do brasileiro, a sensação nigeriana não seria páreo para ele em um confronto direto. Após a alfinetada, Thiago minimizou o possível duelo e voltou suas atenções ao confronto do UFC 239 contra o rei da divisão até 93 kg.

“Penso, com certeza (em voltar para os médios e ser bicampeão). Adoraria bater no Adesanya, não acho ele um cara legal, adoraria lutar com ele. As vezes que eu encontrei com ele, sei lá… (o santo) não bateu. Coisa de energia mesmo, não sei explicar. Igual aconteceu comigo uma vez com o Bisping, sou muito assim, sinto a energia da pessoa. Não sei realmente se ele é uma pessoa ruim, mas não fui com a cara dele (Adesanya)”, revelou Thiago, antes de projetar como um duelo entre ele o nigeriano se desenrolaria.

“Ele tem seus talentos, tem um dom, isso não tem o que falar. Mas acho que ele não aguenta comigo. Não aguenta com alguém que bata nele forte, que não entre nas provocações dele. A luta dele com o Anderson deu para ver – mas isso é coisa para a gente pensar mais para frente, não dá para pensar nisso agora. Mas é um cara que eu penso, se as coisas derem certo com o Jon Jones, quem sabe não posso unificar dois cinturões? ”, completou o brasileiro.

Assim como Marreta, Israel deve lutar pelo título linear de sua divisão em breve. ‘The Last StyleBender’, como é conhecido, é cotado para medir forças contra o atual campeão Robert Whittaker em duelo que provavelmente ocorrerá no segundo semestre de 2019.