Thiago ‘Marreta’ lesiona os dois joelhos e retorno ao UFC fica para 2020

Marreta deixou o octógono e a sala de imprensa carregado no sábado – Rigel Salazar

A batalha contra Jon Jones no UFC 239 deixou marcas profundas no corpo de Thiago ‘Marreta’. O brasileiro, que perdeu por decisão dividida o confronto pelo título dos meio-pesados (93 kg), descobriu em exames realizados ainda nos Estados Unidos que tem lesões nos dois joelhos.

Segundo informou o treinador de ‘Marreta’, Tatá Duarte’, à reportagem da Ag. Fight, a situação vai requerer cirurgia, embora ainda não se tenha certeza se dos dois lados. Ele explicou que o fato de Thiago ter sofrido uma lesão no início do combate fez com que ele forçasse mais a outra perna e, assim, também contundisse o outro joelho.

“O Thiago está fazendo exames com o pessoal do UFC. Ele vai ficar um mês nos Estados Unidos. Vai operar nos Estados Unidos. Vai ter que operar tudo”, falou Tatá. “Estourou tudo. (…) A gente não soube como que ele conseguiu lutar, nem ficar de pé. E aí também estourou o outro joelho, porque ele compensou na outra perna. Ele chutou tudo com o joelho fora do lugar, aí estourou a p**** toda. Foi tudo pro saco”, completou.

Segundo havia revelado Duarte pouco depois da luta, ‘Marreta’ já tinha operado o joelho direito este ano. Contra Jan Blachowicz, em fevereiro, o meio-pesado brasileiro atuou com o menisco contundido. Com a probabilidade de operação nos dois joelhos, Thiago só deve voltar ao MMA em 2020.