Renzo aprova Weidman na categoria dos meio-pesados e diz: “Tem tudo para brilhar”

Chris Weidman vai fazer estreia na categoria dos meio-pesados nesta sexta – Leandro Bernardes

Com uma das principais academias dos Estados Unidos, Renzo Gracie já abrigou muitas estrelas do Ultimate. Chris Weidman foi uma delas, mas muito antes de fazer sucesso na organização mais famosa do MMA. Por isso, o brasileiro tem uma relação de longa data com o ‘All American’, que nesta sexta-feira (18), faz sua estreia na categoria peso-meio-pesado (93 kg), contra Dominick Reyes, na luta principal do UFC Boston. Segundo o membro da família mais histórica das artes marciais, seu pupilo vai se destacar na nova divisão.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag.Fight, Renzo confia que Weidman tem todas as qualidades para repetir sua história de sucesso nos meio-pesados, principalmente por vê-lo um lutador completo e com uma grande envergadura. Em 2013, o americano chocou o mundo ao nocautear Anderson Silva e conquistar o título do peso-médio (84 kg). Após este combate, ele ainda voltou a derrotar ‘Spider’, além de superar Lyoto Machida e Vitor Belfort, na sequência, até perder o posto de campeão para Luke Rockhold, em 2015.

“Ele tem tudo para brilhar (nos meio-pesados). Se ele botar o coração, treinar e concentrar ninguém para ele. É um cara que ganhou do Anderson Silva duas vezes, quando ninguém chegava perto. Ele é fora de série, super dedicado. Ver ele voltando nos enche de orgulho. Ele tem as qualidades físicas e técnicas para brilhar no peso que ele escolher”, afirmou o brasileiro, que também foi responsável por graduar Weidman com a faixa-preta de jiu-jitsu.

Até ser superado por Rockhold, Weidman tinha uma carreira invicta no MMA, com 13 vitórias seguidas. No entanto, este revés desencadeou uma série de resultados negativos. O americano agora soma quatro derrotas nas suas últimas cinco lutas. Dessa maneira, decidiu abandonar sua divisão de origem. Para Renzo, essa foi uma escolha acertada.

“O Weidman é um cara fantástico, eu o vi crescer. Ele começou a treinar com a gente quando tinha 16 anos, em Long Island. É um wrestler fantástico… Ele é um cara grande, um cara que pesa mais de 100 kg fora de competição. Então deve estar cansado de perder tanto peso, vai ficando mais velho, não tem tanta paciência para isso”, completou.

No MMA profissional desde 2009, Chris Weidman tem 14 vitórias e quatro derrotas na carreira. O americano não pisa no octógono desde novembro de 2018, quando foi derrotado por Ronaldo ‘Jacaré’.