Pode isso? Treinador cospe água para refrescar lutador na PFL; veja

Um cuspe, quando direcionado a outra pessoa, representa um gesto de desrespeito e grosseria. No entanto, essa atitude foi ressignificada na última quinta-feira (17), durante a oitava edição da PFL. No intervalo da luta principal do show com sede em Las Vegas (EUA), o treinador de Loik Radzhabov aplicou uma legítima ‘cusparada’ de água no rosto de seu atleta (veja abaixo ou clique aqui). E, acredite ou não, o ato foi em sinal de apoio ao peso-leve (70 kg) do Tajiquistão.

Com o gesto no mínimo inusitado, o técnico tentou refrescar Loik durante o intervalo entre os rounds, para que o lutador voltasse melhor disposto para o combate. No entanto, ao invés de fazer uso do modo tradicional emprestando uma garrafa para seu atleta, o treinador apelou para uma cusparada de água em sua cara. Radzhabov, claramente pego de surpresa, fechou os olhos em sinal de espanto com a atitude do membro de sua equipe.

Se a tática atípica ajudou ou não, apenas Loik pode afirmar. No entanto, fato é que o atleta do Takiquistão saiu vitorioso do confronto – válido pelas semifinais do Grand Prix peso-leve da companhia. Com o triunfo diante de Chris Wade por decisão unânime, Radzhabov encara o brasileiro Natan Schulte na grande final do torneio, agendada para o dia 31 de dezembro.

O brasileiro é o atual campeão do ‘GP’ e defende seu reinado no fim do ano. Além do posto de campeão da categoria, Natan vai em busca de seu segundo prêmio milionário consecutivo na PFL.