Pedro Munhoz é derrotado no UFC 238 e se afasta do cinturão dos pesos-galos

A boa fase de Pedro Munhoz chegou ao fim neste sábado (8), no UFC 238. Diante de um combate que provavelmente o alçaria a uma disputa de cinturão dos pesos-galos (61 kg), o brasileiro foi superado por Aljamain Sterling por decisão unânime. O resultado em Chicago (EUA) encerrou uma sequência de três vitórias do lutador da ‘American Top Team’ na companhia.

Aparentemente mais lento do que o normal, Pedro se tornou um alvo fácil para Sterling durante os três rounds do confronto. Apesar de dominar o centro do octógono e fazer o americano andar para trás por boa parte da luta, o brasileiro sofreu os golpes mais significativos e sucumbiu diante de uma noite inspirada de Aljamain.

“Minha estrela vai brilhar. Vai ter essa luta do Cejudo – que fede – contra o Marlon ‘Magic’ (Moraes). Adivinhe só, essa categoria tem um novo mágico na parada. Vamos lá”, bradou o americano, que provavelmente se tornará o próximo desafiante ao cinturão dos galos, após a sua vitória.

Lutas iniciais

A luta de abertura do UFC 238 brindou os fãs de trocação com um combate bem técnico em pé. Katlyn Chookagian e Joanne Calderwood, duas das melhores atletas da divisão dos pesos-moscas (57 kg), se enfrentaram em um duelo bastante equilibrado. No entanto, o boxe mais afiado da americana prevaleceu, e seus golpes em linha bem conectados garantiram a vitória por decisão unânime sobre ‘JoJo’. Atual número 2 do ranking, ‘Blonde Fighter’, como é conhecida, pediu uma chance para disputar o cinturão de sua categoria.

O segundo confronto da noite foi uma verdadeira guerra repleta de reviravoltas entre Eddie Wineland e Grigory Popov. Fazendo sua estreia no UFC, o peso-galo (61 kg) russo começou o duelo acanhado e viu seu rival dominar o primeiro round. No entanto, logo no início do segundo assalto, o atleta da ‘Tiger Muay Thai’ voltou mais ligado e aplicou dois golpes que deixaram o americano grogue. Mas, com o apoio do público presente, Eddie superou o susto e aplicou um knockdown impressionante em Popov. A partir daí, o americano foi à caça de seu adversário no octógono e liquidou a fatura com um direto de direita. Vitória por nocaute para Wineland.

Na contramão dos primeiros confrontos, o duelo entre os pesos-médios (84 kg) Bevon Lewis e Darren Stewart deixou a desejar em emoção e chegou até a ser vaiado em certos momentos pelo público presente na arena em Chicago (EUA). Em uma luta truncada, que transcorreu em sua maior parte na posição de clinch, levou a melhor quem propôs mais o combate durante os 15 minutos. Vitória por decisão unânime para Stewart.

O quarto combate do UFC Chicago serviu para consolidar uma atleta na categoria dos pesos-palhas (52 kg). Invicta no Ultimate com três vitórias, Yan Xiaonan impôs seu ritmo durante toda a luta e venceu Angela Hill por decisão unânime. A lutadora chinesa demonstrou um ótimo condicionamento físico ao manter a pressão durante os três rounds programados. Com o novo triunfo na liga, ‘Fury’, como é conhecida, deve entrar no ranking das 15 melhores colocadas da divisão.

A quinta luta do card preliminar não durou nem os cinco minutos programados para o primeiro round. Melhor na trocação desde o início, Calvin Kattar nocauteou Ricardo Lamas, o atleta da casa, com um cruzado e um direto certeiros que levaram ‘The Bully’ à lona já no fim do assalto inicial. Com o triunfo, ‘The Boston Finisher’ deve entrar no top 10 da categoria dos pesos-penas (66 kg) – posição em que seu rival deste sábado justamente se encontrava antes do duelo.

Karolina Kowalkiewicz vive uma fase complicada em sua carreira. No UFC 238, a polonesa foi superada por decisão unânime por Alexa Grasso e confirmou seu terceiro revés seguido na companhia. Ex-desafiante ao cinturão peso-palha (52 kg), Karolina não foi páreo para sua rival mexicana, oito anos mais nova, que dominou o combate com um boxe afiado e um cardio de invejar.

Confira os resultados do UFC 238 até a sétima luta:

Galo (61 kg) | Aljamain Sterling venceu Pedro Munhoz por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Palha feminino (52 kg) | Alexa Grasso venceu Karolina Kowalkiewicz por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Pena (66 kg) | Calvin Kattar venceu Ricardo Lamas por nocaute técnico a 4min06s do primeiro round
Palha feminino (52 kg) | Xiaonan Yan venceu Angela Hill   por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)
Médio (84 kg) | Darren Stewart venceu Bevon Lewis  por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)
Galo (61 kg) | Eddie Wineland venceu Grigory Popov por nocaute técnico a 4min47s do segundo round
Mosca feminino (57 kg) | Katlyn Chookagian venceu Joanne Calderwood por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)