Patrício ‘Pitbull’ se torna bicampeão do Bellator; Douglas Lima nocauteia sensação da liga

Patrício Pitbull conseguiu vingar as derrotas de seu irmão contra Chandler – Divulgação/Bellator

Assim como Jessica ‘Bate-Estaca’, Patrício ‘Pitbull’ vai guardar o dia 11 de maio com carinho em suas lembranças – e não é para menos. Afinal de contas, o brasileiro, campeão peso-pena (66 kg), conquistou seu segundo cinturão no Bellator 221 ao nocautear o então detentor do título dos pesos-leves (70 kg) Michael Chandler.

Mas o triunfo, apesar de ainda no assalto inicial, não se livrou de polêmica. Após ser acertado com um ‘overhand’ de direita de Pitbull, o americano foi ao chão e recebeu diversos golpes na cabeça sem esboçar reação – o que obrigou o árbitro a interromper o duelo. No entanto, neste mesmo momento, Chandler se levantava sem demonstrar sinais de que estava apagado e furioso com o juiz responsável por mediar o confronto.

Com o resultado, Patrício se tornou o segundo atleta da história do Bellator a conquistar dois cinturões de forma simultânea. O primeiro a alcançar o feito foi Ryan Bader – atual campeão meio-pesado (93 kg) e peso-pesado da organização.

Já no ‘co-main event’ da noite, nenhuma polêmica e o mesmo desfecho: vitória de brasileiro. Douglas Lima conseguiu aplicar um nocaute impressionante em Michael Page e pôs fim à invencibilidade do americano no MMA. Com o resultado, o ex-campeão meio-médio (77 kg) do Bellator se classificou para a final do ‘GP’ de sua categoria e poderá reconquistar o cinturão que já foi seu.