‘Minotauro’ revela que Rogério ‘Minotouro’ se aposentará após próxima luta pelo UFC

‘Minotouro’ caiu ainda no primeiro round diante de Ryan Spann – Leandro Bernardes/Ag Fight

Acometido por uma lesão nas costas, o veterano Rogério ‘Minotouro’ se viu obrigado a desistir do confronto contra Trevor Smith, que estava programado para o dia 16 de novembro no UFC São Paulo. Nesta quarta-feira (25), Rodrigo ‘Minotauro’, em conversa com a imprensa – com a presença da Ag. Fight – em evento do Ultimate na capital paulista, lamentou a saída de seu irmão gêmeo do card do evento e revelou que esta seria a última luta da carreira do meio-pesado (93 kg).

De acordo com o ex-campeão peso-pesado do UFC, seu irmão possui apenas mais uma luta em seu contrato com o Ultimate. Com isso, ‘Minotouro’ decidiu que precisa estar bem fisicamente para se despedir em grande estilo após tantos anos de serviço ao esporte. Especialmente considerando o resultado negativo do último confronto, quando Rogério, segundo ‘Minotauro’, lutou lesionado e acabou nocauteado por Ryan Spann, em maio deste ano, pelo UFC 237, realizado no Rio de Janeiro.

“Ele rompeu o músculo da virilha antes da luta de maio. Forçou para lutar, não lutou fisicamente bem. E o Rogério está anunciando que deve ser a última luta do contrato dele, a última luta da carreira. A gente foi dar uma série de seminários na China e nos seminários ele vinha sentindo a lesão e não estava conseguindo treinar bem. E anunciou a saída dele do card. Se não é para estar 100%, sendo a última dele, a que mais importa, para ele fechar a carreira dele bem”, explicou Rodrigo ‘Minotauro’, antes de comentar sobre quando o irmão pretende fazer sua última luta da carreira e lamentar sua saída do card do UFC São Paulo.

“Então, ele preferiu tentar ingressar no card de fevereiro. A ideia é lutar em fevereiro ou março, no primeiro card que vai ter no Brasil. E ele focar em terminar com vitória. A gente fica muito triste porque o card de São Paulo é o mais importante para a gente. É o que fecha a temporada (do UFC) no Brasil. O Rio de Janeiro é grande porque é numerado, mas a gente vem para São Paulo todo ano. O Rogério é um grande nome, a gente tem uma torcida muito grande para ele aqui e espero que ele esteja bem para no ano que vem fechar a carreira dele em um evento importante para nós”, concluiu.

Rogério ‘Minotouro’, de 43 anos, compete pelo UFC desde 2009, e acumula seis vitórias e seis derrotas pela organização. Além do Ultimate, o meio-pesado baiano lutou também pelo extinto Pride, evento japonês que marcou época na primeira década deste século.