Khabib projeta disputa contra Ferguson na Rússia e aconselha McGregor a “entrar na fila”

Khabib Nurmagomedov está invicto em sua carreira após 28 lutas – Diego Ribas

Khabib Nurmagomedov não pensa em dar a Conor McGregor a chance de disputar o cinturão peso-leve (70 kg) do UFC, pelo menos por enquanto. Durante o ‘Synergy Forum’, realizado em São Petersburgo (RUS), o campeão descartou a possibilidade de enfrentar o irlandês em sua próxima luta, mesmo que um novo duelo entre eles possa ser vantajoso financeiramente. O lutador russo ainda indicou o oponente, o local e a data de sua preferência para sua próxima defesa de título.

Afastado do octógono do UFC desde outubro de 2018 – quando foi derrotado justamente por Nurmagomedov –, Conor McGregor vem colecionando polêmicas em sua vida pessoal. Em um dos incidentes, o ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve do Ultimate agrediu um senhor de idade em um bar na Irlanda, supostamente pelo mesmo ter recusado um copo de seu uísque. Apesar de o irlandês já ter deixado claro seu desejo por uma revanche e da grande rivalidade entre eles manifestada antes, durante e depois do primeiro duelo, Khabib admitiu que não se interessa por uma segunda luta contra o desafeto, a quem aconselhou retomar o rumo de sua carreira antes de pensar em desafiá-lo.

“É uma coisa do passado (rivalidade com McGregor). Eu não tenho nada a provar. Têm muitos homens de negócio aqui e eu acho que a maioria me diria para enfrentá-lo porque me traria dinheiro. (Mas) Eu vou lutar com os principais desafiantes (da divisão) primeiro, e eu poderia enfrentá-lo para beneficiar meus projetos agrícolas. Quando uma pessoa continua a se comportar dessa maneira, significa que é sua natureza. Vimos que ele recentemente golpeou um senhor de 70 anos. Isso mostra uma falta de moralidade e maneiras. Conor precisa voltar (a lutar) e parar de socar pessoas de idade. Ele é um lutador profissional e deveria retornar (ao octógono), vencer, conquistar seu lugar e entrar na fila”, decretou o russo, de acordo com o site ‘MMA Junkie’ através da tradução do ‘RT Sport’, antes de comentar sobre sua próxima defesa de cinturão.

“Vai ser em março ou abril (de 2020). Eu disse claramente, eu quero lutar em uma arena grande, e a única grande arena coberta na Rússia é a Gazprom Arena (em São Petersburgo). Então, eu quero lutar lá. Tenho que dizer que Tony Ferguson merece mais (uma disputa). Você tem que dar crédito a ele. Ele está em uma sequência de 12 vitórias e merece mais que Conor”, concluiu Nurmagomedov.

A rivalidade entre Khabib e McGregor culminou em uma briga generalizada entre os lutadores e suas equipes após o confronto de outubro de 2018, pelo UFC 229. Como resultado, ambos foram punidos pela organização. Após a suspensão, o russo precisou de três rounds para finalizar Dustin Poirier e defender seu cinturão até 70 kg em setembro deste ano, em evento realizado em Abu Dhabi.