Johnny Walker é liberado para retornar aos treinos após cirurgia no ombro

Johnny momentos depois de lesionar seu ombro em comemoração descontraída – Rigel Salazar

Os fãs de Johnny Walker espalhados ao redor do mundo já podem comemorar. Lesionado, o meio-pesado (93 kg) foi finalmente liberado pelos médicos para retomar seus treinos normalmente. O lutador brasileiro passou por uma cirurgia no ombro direito após se machucar enquanto comemorava seu triunfo diante de Misha Cirkunov, no UFC 235, em março deste ano.

Em entrevista ao site da ‘ESPN’ americana, o empresário do atleta, Lucas Lutkus, afirmou que a expectativa é de que Walker retorne aos octógonos em setembro. Ainda de acordo com o agente, uma negociação por um próximo adversário já está em curso com o Ultimate – apesar de o rival ainda não ter sido definido.

“Um adversário top 10 é o que estamos conversando com o UFC. Ele (Walker) é o número 10 agora, com o Gustafsson e o Manuwa aposentados, então faz total sentido. Honestamente, Johnny irá aceitar qualquer nome oferecido. Seja um veterano como o Glover ou um prospecto como o Reyes ou Rakic, ele está empolgado com qualquer possibilidade de duelo”, destacou.

Desde que entrou no Ultimate, Johnny não sabe o que é perder. Com três vitórias fulminantes por nocaute, o brasileiro, em menos de uma temporada, tornou-se uma das sensações da categoria até 93 kg, além de ser apontado como uma possível ‘pedra no sapato’ de Jon Jones no futuro.