Henry Cejudo revela que lutou contra Marlon Moraes lesionado

Cejudo é o primeiro campeão olímpico a se sagrar bicampeão do UFC – Dan Wainer/Ag Fight

Henry Cejudo conquistou seu segundo cinturão do UFC nesse sábado (8) ao nocautear Marlon Moraes no terceiro round. Mas quem olha apenas para o resultado mal sabe o que o medalhista olímpico passou até competir com o brasileiro. Durante entrevista coletiva de imprensa após o UFC 238, em Chicago (EUA), ‘The Messenger’ revelou que entrou no octógono lesionado.

Após ter superado Marlon, Cejudo admitiu que torceu o tornozelo durante uma sessão de treinos em Chicago. O motivo? O tapete estava mal encaixado. Isso justifica o uso de ‘bandagens’ nos pés durante o confronto no UFC 238, a fim de disfarçar a região lesionada (veja abaixo ou clique aqui),

“Eu sofri essa lesão na terça-feira à noite. Na primeira noite que chegamos, os tapetes do UFC estavam meio soltos, e eu pisei bem em um buraco entre eles, que eu pensei que estivessem presos, e torci meu tornozelo. Os rumores eram verdadeiros, mas eu mantive isso apenas para mim, fiz fisioterapia durante a semana. Fui capaz de superar as adversidades novamente, sendo chutado exatamente onde estava doendo. Acho que isso fez essa vitória ainda mais especial”, declarou Henry, de acordo com transcrição do site ‘MMA Junkie’.

Com o triunfo desse sábado, Cejudo se juntou a Amanda Nunes, Conor McGregor e Daniel Cormier como o quarto atleta a conseguir dois cinturões do UFC de forma simultânea. Também campeão olímpico de wrestling em Pequim-2008, o americano clama pelo posto de melhor lutador ‘peso por peso’ da organização.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Cejudo’s ankle BEFORE the fight 😳 Swipe for the close up (via @bokamotoespn, @arielhelwani) #UFC238

Uma publicação compartilhada por MMA on ESPN (@espnmma) em