Conheça os possíveis desafiantes ao cinturão de Khabib Nurmagomedov no UFC

Atual campeão peso-leve (70 kg) do UFC, Khabib Nurmagomedov tem demonstrado desde sua estreia um amplo domínio sobre os rivais - já são 28 triunfos seguidos. Após derrotar Dustin Poirier por finalização no último dia 7 de setembro, pelo UFC 242, o russo aguarda a confirmação do nome do seu próximo desafiante. E nesta galeria, a Ag. Fight apresenta os principais candidatos a destronar o campeão em sua próxima luta - Diego Ribas
Tony Ferguson, atual número um do ranking peso-leve do UFC e ex-campeão interino da categoria, vem de 12 vitórias consecutivas pela entidade. O americano já foi apontado por Dana White, presidente da liga, como o provável próximo desafiante ao cinturão dos leves - Diego Ribas
Georges St-Pierre foi campeão do UFC nas categorias meio-médio (77 kg) e médio (84 kg). Apesar de ter oficialmente pendurado as luvas, o canadense já demonstrou interesse em abandonar a aposentadoria para um confronto contra Khabib Nurmagomedov - Diego Ribas
Conor McGregor nutre uma rivalidade intensa contra Khabib e sua equipe, que culminou em uma briga generalizada após o combate entre eles, que terminou com vitória do russo por finalização, no UFC 229. O irlandês, ex-detentor dos cinturões peso-pena (66 kg) e peso-leve, já acenou repetidas vezes por um pedido de revanche - Diego Ribas
Vindo de três triunfos consecutivos, Justin Gaethje subiu para a quarta posição do ranking da divisão após a vitória sobre Donald Cerrone no último sábado (14). Com imenso poder de nocaute, o lutador é mais um que manisfestou seu interesse por uma disputa pelo cinturão dos leves em breve - Reprodução/Instagram
Apesar de atualmente competir entre os meio-médios, o polêmico Nate Diaz construiu grande parte de sua carreira no peso-leve. Um combate entre Khabib e o americano, um dos atletas favoritos dos fãs, pode gerar um bom retorno financeiro ao UFC - Diego Ribas
Assim como Diaz, que será seu rival no dia 2 de novembro, pelo UFC New York, Jorge Masvidal faz parte do plantel dos meio-médios da organização, mas também já competiu na divisão dos leves. O americano vem em ótimo momento após conquistar duas vitórias por nocaute sobre Darren Till e Ben Askren, respectivamente - Rigel Salazar.