Em má fase, Luke Rockhold sinaliza com possível aposentadoria do MMA

Luke Rockhold foi nocauteado três vezes em suas últimas quatro lutas – Rigel Salazar

Vivendo uma espécie de inferno astral em sua carreira desde que perdeu o cinturão peso-médio (84 kg) do UFC, Luke Rockhold já demonstra sinais de que está prestes a desistir de tudo. Em entrevista à emissora americana ‘ESPN’, o americano admitiu que não tem interesse em retornar ao octógono no momento, além de deixar claro que está flertando com a aposentadoria do MMA.

Após vencer Chris Weidman e conquistar o cinturão dos médios em dezembro de 2015, Rockhold, logo em sua primeira defesa de título, foi destronado por Michael Bisping. Contando com a disputa com o inglês, o ex-campeão acumula três derrotas em suas últimas quatro lutas, todas elas sofridas por nocaute. Além disso, o americano tem sofrido com lesões, especialmente uma contusão em sua canela, que o obrigou a passar por algumas cirurgias e o afastou do UFC por mais de um ano.

Nem mesmo a decisão de subir para os meio-pesados (93 kg) em seu retorno ao octógono foi capaz de ajudá-lo a recuperar a boa fase que vivia antes de perder seu cinturão. Em julho deste ano, Rockhold estreou na nova categoria contra Jan Blachowicz e acabou nocauteado no segundo assalto do combate. Derrota esta que levou Dana White, presidente do UFC, a sugerir que o atleta deveria considerar a aposentadoria. E, ao que parece, o ex-campeão seguiu seu conselho.

“Eu não tenho interesse em lutar no momento”, contou Luke que, ao ser questionado se existia a possibilidade de não lutar nunca mais, limitou-se a dizer: “Muito (possível)”.

Rockhold foi campeão peso-médio pelo extinto Strikeforce, além de ostentar o título da divisão no UFC. Em seu cartel, o lutador acumula 16 vitórias e cinco derrotas. Caso realmente se aposente do MMA profissional, Luke poderá focar em sua carreira como modelo, a qual já rende frutos atualmente: o americano é o rosto da campanha de um perfume da ‘Ralph Lauren’.