Dana White recomenda que Sage Northcutt pare de lutar MMA

‘Super’ tem contrato com o ONE e foi nocauteado em sua estreia na liga – Diego Ribas

Sage Northcutt chegou ao UFC em 2015 como uma grande revelação. O nocaute fulminante sobre Francisco Trevino, logo aos 57 segundos de luta, ajudou a transformá-lo em um fenômeno de popularidade e promoção. Quatro anos e algumas derrotas depois, porém, o presidente do Ultimate, Dana White, decidiu recomendar que ‘Super’ se aposente.

Em entrevista à emissora canadense TSN, o dirigente respondeu afirmativamente quando perguntado se Sage não é bom o suficiente. O americano foi nocauteado em seu último confronto, pelo ONE Championship, evento para o qual migrou depois do fim de seu contrato com o UFC. Dana afirmou que, como Northcutt tem apenas 23 anos, pode recomeçar uma carreira em qualquer ramo profissional.

“Eu gostaria muito de ver Sage Northcutt se aposentar. Espero que ele faça isso. Bonito, carismático, inteligente. Ele estava indo para a faculdade se tornar engenheiro. Ele tem muita coisa acontecendo na vida dele. Este esporte não é para ele. Não quero soar como se eu o estivesse depreciando, porque eu gosto muito do garoto. Mas esse não é o esporte para ele. Eu adoraria vê-lo parar antes que ele se machuque seriamente”, falou

“Não é que ele não tenha algum talento. Ele tem algum talento. Mas este não é o esporte para ele. Ele precisa parar. E espero que as pessoas que o circundam ouçam o que eu estou dizendo e coloquem esse garoto em outro caminho na vida, porque ele pode fazer literalmente qualquer coisa que queira. Ele é jovem, inteligente. Algumas pessoas precisam lutar. Sage Northcutt não precisa lutar”, completou.

‘Super’ deixou o Ultimate com três vitórias consecutivas, mas, em sua estreia no ONE, foi nocauteado brutalmente em 29 segundos por Cosmo Alexandre, veterano kickboxer brasileiro. Sage foi submetido a uma cirurgia que durou nove horas para corrigir as oito fraturas que sofreu no rosto após o golpe do adversário. Ainda não há previsão sobre seu retorno ao MMA.