Dana White descarta Cejudo vs Aldo e indica Benavidez como próximo oponente do campeão

Dana White, presidente do Ultimate, jogou um balde de água fria nas expectativas de quem sonhava com um duelo entre Henry Cejudo e José Aldo. Mesmo após ambos os atletas manifestarem interesse no confronto, o cartola descartou a possibilidade ao alegar que o brasileiro não conseguiria baixar para os galos. Para o dirigente, Cejudo, atual detentor do cinturão peso-mosca (57 kg) e peso-galo (61 kg), precisa defender o título da divisão mais leve prioritariamente.

Em conversa com a imprensa após o ‘Contender Series’ da última terça-feira (20) – com a presença da Ag. Fight – (veja abaixo ou clique aqui), Dana explicou que, assim que retornar da cirurgia no ombro, Cejudo deve defender o cinturão dos moscas contra Joseph Benavidez. De acordo com ele, caso não consiga, o campeão precisará ser destituído de um dos títulos. Ao ser questionado se acreditava na possibilidade do ex-campeão peso-pena (66 kg) José Aldo descer de categoria, o mandachuva mostrou-se reticente.

“Nesse momento, nós temos algumas coisas acontecendo no peso-galo, mas o que gostaríamos é que Cejudo defendesse o cinturão dos moscas contra Joseph Benavidez. Benavidez está pronto, é a coisa certa a fazer. Se o Cejudo não puder fazer isso, então ele precisa abdicar de um dos cinturões. Sobre o José Aldo, eu não acredito que ele conseguiria bater 61 kg. Ele sofre para bater 66 kg”, comentou Dana White.

De acordo com o presidente da organização, Aldo já fez contato alertando sobre a vontade de descer de categoria. Apesar da boa relação com o ex-campeão e da disposição para atender seus pedidos, Dana afirmou que não considera essa estratégia plausível para o brasileiro e relembrou sua dificuldade em atingir o peso limite na categoria onde fez história.

“Aldo me mandou uma mensagem dizendo que ele quer fazer isso (descer para os galos), mas nós não falamos sobre isso ainda. Eu duvido que ele consiga bater 61 kg, é impossível. Lembra quando ele era o campeão (dos penas) e o quão difícil era para ele bater 66 kg? E ele não está mais jovem! Eu, sinceramente, nem levei isso a sério. Adoro o Aldo e quero fazer o que ele quer fazer, mas não sei se quero vê-lo tentar baixar para o peso-galo. Não acho que isso vai ser bom para ele”, concluiu o dirigente.

Henry Cejudo ficará afastado do octógono até 2020 em razão de uma cirurgia no ombro. Primeiro colocado no ranking da categoria mosca e provável próximo desafiante ao cinturão, Joseph Benavidez vem de uma sequência de três triunfos consecutivos, sendo o último contra o brasileiro Jussier Formiga em junho deste ano. Após reinar durante anos entre os penas, José Aldo vive o momento mais difícil da carreira. Em sua última apresentação, o manauara foi derrotado por Alexander Volkanovski e se afastou de uma possível disputa pelo título da divisão.