Dana White confirma gravidade de lesão de Robert Whittaker: “Poderia ser fatal”

Robert Whittaker não pôde defender seu cinturão no UFC 234 – Jon Roberts/ Ag Fight

Escalado para defender seu cinturão contra Kelvin Gastelum no UFC 234, Robert Whittaker foi retirado às vésperas do card após sofrer uma lesão. O campeão peso-médio (84 kg) acusou fortes dores na região do abdômen que foram diagnosticadas posteriormente pelos médicos como uma hérnia. Com a necessidade de cirurgia, o atleta foi obrigado a abandonar seu duelo contra Kelvin Gastelum, o que na visão de Dana White deve ter sido até o melhor dos cenários.

Isso porque, durante entrevista ao site ‘MMA Fighting’, o presidente do Ultimate revelou que, caso Whittaker sofresse essa lesão durante o combate, ela poderia ser fatal para o neozelandês. Por isso, Dana inclusive já projetou uma possível data de retorno para o campeão, além de também comentar sobre o problema de saúde de Robert, pouco visto em atletas jovens de alto rendimento.

“Ele está na sala de recuperação com sua esposa e sua família. Este é um daqueles acidentes esquisitos em que o médico disse que ele literalmente nunca viu esse tipo de lesão em uma pessoa jovem. Isso geralmente só acontece com pessoas idosas. Seu intestino perfurou através do buraco e isso não aconteceu ontem depois da pesagem. Eles (médicos) acham que ele já teve esse problema e está tipo, entrando e saindo”, comentou White, antes de falar sobre a gravidade da complicação de Robert.

“E é uma dessas situações que se acontecesse durante a luta, poderia ter sido fatal para ele. Então isso é realmente sério, não sabemos exatamente o que aconteceu. Espero que eles tenham (médicos) tenham colocado de volta no lugar e costurado e, se for o caso, ele terá quatro semanas (recuperação). Essa foi uma ferida esquisita e maluca, menos de 1% de chance – nosso médico aqui no UFC, que faz isso há 30 anos, nunca viu isso em sua carreira e não em uma pessoa jovem. Geralmente é em pessoas muito mais velhas”, completou o chefão do UFC.

Com a saída de Whittaker, Kelvin ficou sem adversário e não lutou na Austrália. Com isso, o confronto entre Anderson Silva e Israel Adesanya se tornou o ‘main event’ do show de número 234. Melhor para o nigeriano, que venceu seu ídolo por decisão unânime e se aproximou ainda mais de uma disputa de título.