Dana White abre as portas para duelo entre Jon Jones e Israel Adesanya

Israel Adesanya tem sido o grande propulsor da rivalidade com Jon Jones – Diego Ribas

A rivalidade crescente entre Jon Jones e Israel Adesanya, que vem chamando a atenção de grande parte do público que acompanha o MMA, parece ter chegado aos ouvidos de Dana White, presidente do UFC. Questionado sobre a possibilidade, levantada pelo nigeriano, de um possível duelo entre os lutadores, o dirigente não se esquivou e deu a entender que o combate poderia realmente acontecer.

Para isso, Adesanya precisaria primeiro vencer seu confronto contra Robert Whittaker no próximo sábado (5), em luta válida pelo cinturão peso-médio (84 kg) da organização, no main event do UFC Austrália. Já Jon Jones segue sem adversário definido para sua próxima luta.

Os dois atletas têm trocado provocações há alguns meses, e recentemente Adesanya apontou um provável combate contra Jones como um de seus objetivos futuros. Ciente do desafio feito pelo nigeriano, o campeão dos meio-pesados (93 kg) utilizou suas redes sociais para responder o desafeto e afirmou que o rival não está pronto para enfrentá-lo.

“Esses caras têm se provocado. Se Israel vencer (a luta contra Whittaker) e ele realmente quiser enfrentar Jon Jones, essa é uma grande luta”, declarou Dana White à emissora neozelandesa ‘Sky Sport’.

Atual campeão interino dos médios, Adesanya enfrenta o dono do cinturão linear Robert Whittaker em busca da unificação do título da categoria. Já Jon Jones defendeu pela última vez sua cinta em julho deste ano, quando derrotou o brasileiro Thiago ‘Marreta’, por decisão dividida.