Claudia Gadelha projeta trilogia contra ex-campeã do UFC: “O foco é ela”

Claudia Gadelha derrotou Randa Markos no UFC 239 – Rigel Salazar

Claudia Gadelha reencontrou o caminho da vitória no último sábado (6), ao bater Randa Markos no UFC 239, em Las Vegas (EUA). Com o feito, ela agora projeta enfrentar a ex-campeã dos pesos-palhas (52 kg), Joanna Jedrzejczyk. No entanto, ‘Claudinha’ talvez tenha que esperar um pouco mais do que gostaria para concretizar a trilogia contra a antiga rival.

Isso porque Joanna está cotada para enfrentar Michelle Waterson no dia 12 de outubro, em evento ainda sem local definido. Apesar disso, ao ser questionada pela reportagem da Ag. Fight durante entrevista após a luta (veja abaixo ou clique aqui), Gadelha apontou que não vê problemas em esperar pela polonesa.

“Eu realmente queria fazer a terceira luta contra a Joanna. Eu ia desafiar ela hoje à noite. Fiquei surpresa durante a semana quando eu fiquei sabendo que ela vai lutar contra a Michelle Waterson. Então, eu vou esperar essa luta acontecer, porque eu realmente quero essa terceira luta. (…) O foco é ela. Se demorar muito, vou pensar o que fazer”, destacou.

A rivalidade entre Claudinha e Joanna é antiga. Em 2014, Gadelha conheceu a primeira derrota da carreira profissional ao ser superada por Jedrzejczyk em polêmica decisão dividida na luta que valia o cinturão dos palhas. Dois anos depois, elas compartilharam a casa do The Ultimate Fighter (TUF) e, após liderarem as suas respectivas equipes, enfrentaram-se novamente na final do programa. Na ocasião, a polonesa voltou a triunfar, dessa vez por decisão unânime dos jurados.

Aos 30 anos, Gadelha soma 17 vitórias e quatro derrotas em seu retrospecto profissional como lutadora de MMA. Já Joanna, um ano mais velha, contabiliza 15 triunfos e três reveses em seu cartel nas artes marciais mistas.