Autor de nocaute mais rápido do UFC desafia McGregor: “Quero quebrar a cara dele”

Jorge Masvidal soma duas vitórias seguidas por nocaute no UFC – Scott Garfitt

Jorge Masvidal possivelmente garantiu seu nome na história por muitos anos ao vencer Ben Askren e quebrar o recorde de nocaute mais rápido de todos os tempos no UFC. E após o triunfo em cinco segundos, que dificilmente será quebrado, o americano já tem em mente os próximos passos que quer trilhar em sua carreira.

Em entrevista ao programa ‘The Dan LeBatard Show’, Masvidal afirmou que gostaria de enfrentar Conor McGregor, ex-campeão dos pesos-penas (65 kg) e pesos-leves (70 kg). E a julgar pelas declarações e pelo estilo do americano, esse duelo, se um dia sair do papel, seria recheado de polêmicas e provocações.

“Quero o McGregor. Quero quebrar a cara dele. Acho que esse seria um pagamento fácil. Só vejo cifras de dinheiro no rosto dele. Eu apenas não vejo essa luta se desenrolando bem para ele, para ser honesto com você”, narrou o cabeludo filho de cubano que, antes de se tornar um atleta profissional de MMA, competia em duelos de boxe sem luvas em quintais dos EUA.

Além da ‘money fight’ contra o irlandês, Masvidal, que agora soma duas vitórias seguidas em seu cartel no UFC como meio-médio (77 kg), também mira uma chance de disputar o cinturão do UFC, que atualmente está em poder do nigeriano Karamu Usman.

“Definitivamente o cinturão, definitivamente o Kamaru Usman me interessa. Ele tem o cinturão e é isso o que eu quero, mas ele tem sempre alguma lesão ou algo acontecendo”, minimizou, bem ao seu estilo.