Após derrotar Munhoz, Sterling desafia Cejudo: “Venha encarar o verdadeiro desafio”

Aljamain Sterling segue em busca de uma oportunidade para lutar pelo cinturão – Diego Ribas

Henry Cejudo fez história novamente ao nocautear Marlon Moraes e conquistar seu segundo cinturão do Ultimate de forma simultânea. E, após tamanha façanha, o americano desafiou outros grandes nomes da categoria dos pesos-galos (61 kg) para firmar de vez seu reinado na nova divisão de peso. Aljamain Sterling, um dos postulantes ao título, foi esquecido e não gostou nada disso.

Durante entrevista ao site ‘TMZ Sports’, ‘Funk Master’, como é conhecido, ponderou o fato de Cejudo ter feito o chamado apenas para veteranos, Dominick Cruz e Urijah Faber, ou atletas que não estão em boa fase na carreira – Cody Garbrandt. Na ‘ponta dos cascos’, Sterling vem de um grande resultado contra Pedro Munhoz, em um duelo que, ao menos na teoria, credenciaria o vencedor ao sonhado ‘title shot’.

“(Quando ele citou aqueles nomes) Eu fiquei tipo aquele ‘emoji’ com a mão na cara, balançando a cabeça negativamente. Ele quer ser um matador de lendas? Ache uma lenda que esteja vencendo pelo menos. Esses caras não vencem uma luta há só Deus sabe quanto tempo”, reclamou Aljamain, antes de se indicar para o confronto.

“Você tem um desafiante número um bem aqui, na sua frente. Henry, pare de desafiar esses caras que estão ultrapassados e venha encarar o verdadeiro número 1 da categoria, o verdadeiro desafio. Estou pronto para pegar essa medalha de ouro e enfiar no seu traseiro porque você fede, Henry Ceju-‘Doo-Doo’ (referência a cocô, em inglês)”, completou o americano, em tom provocativo.

No entanto, ao que tudo indica, o desejo de ‘The Messenger’ é vencer as lendas do esporte. E Aljamain, apesar de estar em ótima fase na carreira, ainda não figura nessa seleta prateleira de grandes nomes das artes marciais mistas.