Antes do UFC 234, Adesanya fala em “honra de aposentar” Anderson

Israel Adesanya vai enfrentar Anderson Silva no UFC 234 – Reprodução/Instagram

Melbourne (AUS) será o palco de um verdadeiro duelo de gerações neste sábado (9). O ‘co-main event’ do UFC 234 reúne a lenda Anderson Silva, de 43 anos, e a revelação Israel Adesanya, de 29. Por diversas vezes ‘The Last Stylebender’ declarou que se espelhou no brasileiro para começar a lutar. E, às vésperas do confronto contra ‘Spider’, o peso-médio (84 kg) nigeriano afirmou que seria uma “honra” aposentar seu ídolo do MMA.

Durante a coletiva de imprensa do show, Israel se autointitulou o adversário que Anderson sempre almejou enfrentar. Na opinião do nigeriano, ‘Spider’ não obteve um grande desafio em suas últimas lutas, o que, de acordo com o próprio, mudará neste sábado. Adesanya ainda aproveitou para narrar o momento da primeira encarada feita com seu ídolo nessa sexta-feira.

“Ele está entediado. Ele não tem sido realmente desafiado, perdeu aquela adrenalina de lutar, eu sou o cara que ele esteve procurando. Sou o oponente que ele procurou em toda sua carreira. Estou pronto e ele é o cara que eu queria enfrentar. Seria uma honra aposentá-lo do esporte”, afirmou o peso-médio, antes de comentar a sensação de encarar Anderson.

“Sou o cara que traz o que ele quer. Em suas últimas lutas ele estava entediado. Ele costuma brincar e provocar seus adversários como fez com o (Vitor) Belfort, quando colocou a máscara, provocou o (Chris) Weidman também, mas comigo ele foi frio, assim como eu, tudo tranquilo. Olhei para ele, e ele com olhos de vidro”, completou o nigeriano, em entrevista ao site ‘MMA Fighting’.

A admiração pelo brasileiro é tamanha que Israel admitiu que, nesse momento, o título não é seu maior objetivo. De acordo com o próprio, enfrentar o atleta em que ele se espelhou para iniciar sua carreira vale mais que o próprio status de campeão do Ultimate.

“Não ligo para o cinturão, porque ele vai chegar em mim de qualquer maneira. Para mim, essa é minha luta pelo título. Essa é uma luta que na minha opinião será lembrada para sempre, e eu busco momentos assim, estou feliz. Não persigo dinheiro, ele me persegue porque eu busco os meus sonhos”, garantiu a sensação do MMA.

Além do combate entre Anderson e Israel, o UFC 234 será palco da disputa do título dos médios. Robert Whittaker defende seu cinturão contra o desafiante Kelvin Gastelum. Os vencedores dos principais combates do show possivelmente se enfrentarão pela soberania da categoria em seguida no Ultimate.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *