Anderson Silva descarta cirurgia no joelho após derrota no UFC Rio, diz site

Anderson machucou o joelho na luta contra Jared Cannonier – Leandro Bernardes

A cena não foi nada agradável. Aos 44 anos, Anderson Silva recebeu um chute de Jared Cannonier no co-main event do UFC Rio, evento realizado no último sábado (11), e desabou com dores no joelho direito. A região, de acordo com o próprio atleta durante entrevista no octógono, já estava lesionada, o que rapidamente acendeu o sinal de alerta para a equipe do veterano.

No entanto, dois dias depois do duelo, Anderson recebeu os resultados dos exames que descartaram a necessidade de uma cirurgia. As informações são do site da ‘ESPN’, que ainda garantiu que o temor da equipe do brasileiro era de que seu ACL (ligamento anterior cruzado) estivesse rompido.

Sem a necessidade de uma cirurgia, os planos do atleta de voltar a competir ainda em 2019 (como ele mesmo revelou nas redes sociais) ganham força. Porém, com apenas um triunfo nas últimas oito apresentações e sem ter o braço erguido desde fevereiro de 2017 (quando venceu Derek Brunson por pontos), o brasileiro terá que lidar com o fantasma da aposentadoria que ronda sua careira.